segunda-feira, 31 de agosto de 2009

TEXTO INFORMATIVO SOBRE A PESCA PREDATÓRIA

TEXTO INFORMATIVO SOBRE A PESCA PREDATÓRIA.



Apesar da pesca ser uma das atividades mais antigas desenvolvidas pelo homem, parece que o tempo de prática ainda não foi suficiente para evitar que ela seja realizada de forma predatória. Levantamentos recentes indicam que hoje a captura indiscriminada desperdiça milhões de toneladas de peixes todos os anos,e isso representa um crime contra a natureza.
Infelizmente no Brasil os números também não são animadores e o Ibama, órgão responsável pela fiscalização e controle das atividades pesqueiras, prevê que ainda existe uma quantidade considerável de pescadores trabalhando de forma incorreta e, conseqüentemente, predatória.
A maior problemática nacional consiste na sobrepesca ,(captura em quantidades acima do limite ) para garantir a manutenção dos estoques de peixes ou a sustentabilidade da pesca comercial. Os especialistas já diagnosticaram que pescou-se bem mais do que seria aceitável, principalmente nas épocas de desova, o que diminui muito o número de peixes nos rio e mares.
Para tentar reverter o declínio da produção de peixes e lutar contra a pesca predatória, o Ibama propôs a gestão participativa entre todos os envolvidos no setor tais como as industriais, pescadores, pesquisadores, ONGs e o próprio governo, através dos estados e municípios. A gestão conjunta na pesca industrial é a maneira encontrada pelos especialistas para garantir a sobrevivência da atividade e a idéia é que se estude e apresente uma forma sustentável de exploração da atividade pesqueira, já que, está crescendo a demanda de pedidos no cardápio dos restaurantes de peixes frios e quentes.
Como dito, a pesca é uma atividade com fins lucrativos e para muitos é a única fonte de subsistência. Mas há também o lado do lazer, da pesca prazeiroza. E por isso não podemos apenas esperar que as soluções venham dos órgãos competentes, mas que cada um de nós faça a sua parte para não sermos mais um nas estatísticas dos que fazem pesca predatória, se é que ainda queremos ensinar nossos netos a PESCAR.

Equipe:

Kellin Karina Kreusch Knaul
Maria Aparecida Kreusch
Ricardo Luis Mees
Rosemary Aparecida Barg

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário